Jair Bolsonaro (PSL) é acusado de racismo pela PGR

Jair Bolsonaro (PSL) é acusado de racismo pela PGR

Pré-candidato à presidência da República, deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) é acusado pela PGR de racismo e denúncia chega ao STF

Racismo. Exatamente isto que a Procuradoria Geral da República (PGR), acusa o pré-candidato à Presidência da República, o deputado federal do Rio de Janeiro Jair Bolsonaro (PSL). A denúncia foi remetida na sexta-feira (13) ao Supremo Tribunal Federal (STF). Se condenado o pré-candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), poderá pegar pena de prisão de 1 a 3 anos.

 

Bolsonaro é acusado de racismo por haver utilizado expressões de cunho discriminatório e incitando o ódio e atingindo desta forma diversos grupos sociais durante uma palestra realizada ano passado. Bolsonaro (PSL), durante esta palestra e que foi amplamente divulgada principalmente nas redes sociais e até pela imprensa, atingiu com as expressões racistas negros; mulheres; quilombolas; indígenas e homossexuais. Jair Bolsonaro poderá ainda pagar multa no valor de R$ 400 mil por danos morais coletivos, segundo denúncia da PGR ao STF.

 

O também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), que é filho do pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL); foi também denunciado pela PGR ao STF por ameaça feita a uma jornalista.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.