Amin é cotado para presidência do senado

Amin é cotado para presidência do senado

Esperidião Amin (PP) é o primeiro catarinense cotado para ocupar a principal cadeira no plenário. Se Amin conseguir ser eleito, será o primeiro parlamentar de SC eleito presidente do Senado num intervalo de 74 anos.

O primeiro, e até hoje único, senador eleito por SC que presidiu o Senado foi Nereu Ramos, entre 1946 e 1951. Em 2015, ano em que morreu, o ex-governador Luiz Henrique da Silveira (MDB) era um dos candidatos, mas acabou derrotado por Renan Calheiros (MDB). Agora, o nome de Amin, é ventilado entre outros seis parlamentares da Casa. O catarinense acumula no currículo passagem pelo governo do Estado e prefeito da Capital. Amin volta para o Senado após oito anos na Câmara dos Deputados.

Por ora, os nomes especulados se dividem entre o MDB, o PSL do presidente eleito Jair Bolsonaro e os partidos de centro. Nesse enredo, o MDB ganha força uma vez que, mesmo perdendo seis cadeiras nesta eleição, segue como a maior bancada da Casa com 12 senadores. Já Amin, estaria entre os partidos do centrão, mas a relação com o novo presidente o coloca em vantagem. Ex-colega de partido de Bolsonaro quando era do PP, o catarinense chegou a declarar voto a Jair nessa eleição. Somado a isso, Amin tem familiaridade com a rotina na Casa, experiência que carrega por já ter sido senador entre 1991 e 1999.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.