Bolsonaro poderá atingir mais de 75% dos votos neste segundo turno. Rejeição ao PT deve aumentar

Bolsonaro poderá atingir mais de 75% dos votos neste segundo turno. Rejeição ao PT deve aumentar

Bolsonaro (PSL), deve aumentar ainda mais sua votação neste segundo turno. Rejeição ao projeto de alianças e corrupção de governos do PT fragiliza Haddad
Análises no campo político nacional apontam que a candidatura à presidência da República neste segundo turno das eleições o candidato Jair Bolsonaro (PSL), deverá aumentar em cerca de 75% sua votação em todo o país.
A fragilidade da candidatura de Fernando Haddad (PT), que representa o seguimento de governos Lula e Dilma, ambos recheados por corrupção e alianças políticas e partidárias que consolidaram na chamada “base aliada ” de governo; foi desastroso para o PT e seus aliados e que respingou agora na candidatura de Fernando Haddad (PT).

Basta observar os resultados deste primeiro turno destas eleições em que candidatos do PT na grande maioria dos estados com exceção de alguns da região Nordeste; simplesmente sucumbiram diante desta rejeição por parte da maioria do eleitorado deste país.

Haddad (PT), já sinaliza em seus pronunciamentos à Imprensa logo após o término da apuração dos votos deste primeiro turno; que é necessário ampliar o diálogo democrático e com isto, busca ampliar o apoio de partidos de centro à sua candidatura.

Por outro lado, Jair Bolsonaro (PSL), já começa de imediato ganhar amplas manifestações públicas de apoio à candidatura presidencial em que João Doria (PSDB), de São Paulo, anunciou na segunda-feira (8), que a partir de terça (9), já estará engajado no apoio a Bolsonaro (PSL).

O mesmo ocorreu com o candidato ao governo do estado do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), que anunciou seu apoio a Bolsonaro (PSL) nesta corrida presidencial. Gradativamente, aos poucos neste início de campanha de segundo turno destas eleições à presidência da República, haverão novas e amplas manifestações destes apoios ou para Bolsonaro (PSL) ou para Haddad (PT).

Ciro Gomes (PPS), destacou à Imprensa que dará apoio “crítico ” ao candidato do PT; assim como parte do PDT.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.