Outros inimigos

Outros inimigos

O governo está batalhando para diminuir o déficit fiscal, que poderá chegar a R$ 159 bilhões. Uma das medidas que pode ser adotada trará novos inimigos ao presidente.

A proposta é restringir o uso dos carros oficiais. Hoje cerca de mil autoridades do Poder Executivo fazem uso do benefício.

A ideia é que somente o presidente, o vice, ministros de Estado e outros cargos de alto escalão usufruam da regalia, que ficaria limitada a, no máximo, 100 pessoas. A economia não teria grande impacto, mas seria um incentivo para outros cortes.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.