Com sobra de R$ 12 milhões em caixa, Alesc ainda não confirma devolução ao Estado

Com sobra de R$ 12 milhões em caixa, Alesc ainda não confirma devolução ao Estado

A devolução dos recursos recebidos para o orçamento do ano passado e que sobraram nos cofres da Assembleia Legislativa de Santa Catarina pode ser definida apenas pela próxima legislatura, em fevereiro. Isto porque, ao contrário do que ocorreu nos anos anteriores, a Alesc encerrou os trabalhos de 2018 sem divulgar a quantia que seria devolvida ao Estado nem anunciou data para o repasse.

O atual presidente do Legislativo, Silvio Dreveck (PP), informou ao DC nesta segunda-feira que restaram R$ 12 milhões em caixa. O valor, segundo o deputado, é o saldo com os pagamentos de janeiro já descontados. Mas Dreveck ainda não definiu se devolverá todo esse montante ou apenas uma parte ao tesouro estadual. Ele diz que as condições da devolução estão em discussão com a diretoria da casa e há possibilidade de deixar a decisão para a próxima legislatura.

Como Dreveck não se reelegeu, o destino dos R$ 12 milhões terá que ser decidido pelo próximo presidente da Alesc se não houver deliberação até o final de janeiro.

Menos dinheiro devolvido em 2018

Mesmo que os R$ 12 milhões sejam inteiramente repassados ao Estado nas próximas semanas, as devoluções de 2018 vão ficar abaixo de anos anteriores. Como a Alesc já havia devolvido R$ 15 milhões no ano passado, o retorno ao tesouro estadual será de, no máximo, R$ 27 milhões.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.