Como os adultos mais velhos podem impulsionar o bem-estar psicológico

Como os adultos mais velhos podem impulsionar o bem-estar psicológico

Pesquisadores da Finlândia determinaram que os adultos mais velhos que praticam exercícios com carga podem construir mais do que músculos: o treinamento de resistência pode fortalecer sua visão sobre a vida. Os cientistas dizem que a freqüência é uma variável importante na maximização dos benefícios.

Em um estudo de duração de 9 meses, 106 indivíduos entre 65 e 75 anos divididos em grupos

– Treinamento de resistência 3x na semana

– treinamento de resistência 2x na semana

– Treinamento de resistência 1x por semana

– Grupo de controle que não praticava atividade física

Todos os participantes nos grupos de exercícios completaram duas sessões de treinamento supervisionado por semana nos primeiros 3 meses. Para o restante do estudo, exerceram-se uma vez por semana, duas vezes por semana ou três vezes por semana. Cada sessão durou 1 hora e incluiu um aquecimento de 10 minutos e oito ou nove exercícios para diferentes grupos musculares.

Os pesquisadores mediram a qualidade de vida ambiental dos sujeitos, o senso de coerência e os sintomas depressivos ao longo dos 9 meses. A qualidade de vida ambiental é descrita como satisfação com o meio ambiente, a segurança e a capacidade de acessar determinados serviços (como atividades de lazer e transporte). O sentido da coerência envolve três componentes – compreensão, capacidade de gerenciamento e significado – e quanto pessoas se percebem como capazes de criá-las em sua vida.

Na marca de 3 meses, todos os grupos de exercícios relataram melhorias na qualidade de vida ambiental e nas pontuações depressivas. Após este ponto, no entanto, os relatórios começaram a mudar. Entre a marca de 3 e 9 meses, a qualidade de vida diminuiu entre o grupo uma vez por semana. No grupo duas vezes por semana, esta medida continuou a melhorar em comparação com outros grupos. Além disso, o senso de coerência também melhorou no grupo duas vezes por semana em comparação com os controles e aqueles que treinaram três vezes por semana. Durante esse mesmo período de tempo, as pontuações depressivas diminuíram entre todos os indivíduos, exceto aqueles no grupo uma vez por semana.

“Em conclusão, a principal observação deste estudo é que, além de benefícios físicos bem conhecidos para populações idosas, o treinamento de resistência é benéfico para a qualidade de vida ambiental e o senso de coerência”,

O segredo para manter-se saudável é manter-se ativo, a regularidade é a chave para o sucesso.

www.dofit.com.br

Texto adaptado por Leonardo Albino do site www.ideafit.com

 

Leonardo Albino – Personal Trainer
Tel: (48) 84584016
E-mail:
leonardo.albino@live.com

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.