Compra de prédio pela Alesc na Justiça

Compra de prédio pela Alesc na Justiça

O deputado estadual Mário Marcondes (sem partido) ingressou, ontem, com ação popular contra a compra de um prédio pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), no apagar das luzes do ano passado, quando o presidente era Silvio Dreveck (PP), no valor de R$ 83 milhões, com dispensa de licitação.

A ação pretende a declaração de nulidade do ato. O processo está andando rápido. Ontem mesmo já foi distribuído e já está concluso para despacho. A compra do prédio não foi aceita por todos os deputados e Dreveck encontrou rejeição dentro do próprio partido. O deputado João Amin, por exemplo, fez duras críticas à decisão.

A compra do prédio, num momento em que o Estado passa por séries dificuldades de pagar suas dívidas com hospitais e em outras áreas também, pode até ser justificada, mas se a justificativa será aceita é outra questão. Neste caso, não foi engolida pela maioria.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.