De mal a pior

De mal a pior

Em 2017 e 2018 o governo estadual quase aniquilou a área da ciência e tecnologia. Em 2017, a Fapesc deveria receber R$ 235 milhões do orçamento estadual, mas foram repassados apenas R$ 35 milhões.  O que já era trágico se tornou catastrófico.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.