Desembargador determina imediato atendimento em 100% dos serviços de educação e prevê 72h para se manifestar sobre pedido de ilegalidade da greve

Desembargador determina imediato atendimento em 100% dos serviços de educação e prevê 72h para se manifestar sobre pedido de ilegalidade da greve

O desembargador Hélio do Valle Pereira (foto), do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, deferiu pedido liminar da Prefeitura de Florianópolis para que o sindicato dos servidores municipais mantenham o atendimento integral na educação da cidade, bem como o atendimento em 50% na área da saúde.
Na decisão liminar, o desembargador também determinou que os sindicalistas não tumultuem e nem realizem qualquer manifestação a uma distância menor de 450 metros de unidades do município.
O magistrado pede 72 horas para se manifestar integralmente sobre a ilegalidade da greve.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.