Esquizofrenia Social

Esquizofrenia Social

Vivemos numa época onde querem que os padres se casem e que os casados se divorciem.
Querem que os héteros tenham relacionamentos líquidos sem compromisso, mas que os gays se casem na Igreja.
Que as mulheres tenham corpos masculinizados e se vistam como homens e assumam papéis masculinos. Querem  que os homens se tornem “frágeis” e delicados e com trejeitos, como se fossem mulheres. Uma criança com apenas cinco ou  seis anos de vida já tem o direito de decidir se será homem ou mulher pelo resto da vida, mas um menor de dezoito anos, não pode responder pelos seus crimes.
Não há vagas para os doentes nos hospitais, mas há o incentivo e o patrocínio do SUS para quem quer fazer mudança de sexo.
Há acompanhamento psicológico gratuito para quem deseja deixar a heterossexualidade e viver a homossexualidade, mas não existe nenhum apoio deste mesmo SUS para quem deseja sair da homossexualidade e viver a sua heterossexualidade e se o tentarem fazer, é crime.
Ser à favor da família e religião é ditadura, mas urinar em cima dos crucifixos é liberdade de expressão.

Se isso não for o Fim dos Tempos, deve ser o ensaio…

Por Almir Favarin

Compartilhe!

Comments (2)

  • Alexsandra

    Achei seu comentário carregado de preconceito, homofóbico e, até, com uma certa tendência religiosa evangélica radical que, com comentários similares, incitam o ódio e a violência contra uma determinada população.
    Pessoas como você com o dom da comunicação são iluminadas e deveriam usar este para promover a conciliação, a reflexão e o dialogo.
    Sucesso!

    2 de janeiro de 2018 at 21:08
  • Meira

    Minha cara Alexandra. Talvez vc não se deu conta quando leu.
    O texto nao é da minha autoria e sim de um leitor da coluna
    Portanto sua indignação deveria ter sido dirigida a ele, e nao a mim.
    Um pouco mais de atenção quando se le algum artigo é sempre bom para que nao seja cometido injustiças.
    Tenha uma boa noite

    2 de janeiro de 2018 at 22:13

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.