Fraude

Fraude

A tradicional empresa catarinense de pescados Gomes da Costa foi condenada a pagar R$ 100 mil por danos morais coletivos pela venda de sardinha em lata com peso diferente do anunciado na embalagem.

A ação originou-se de denúncias de consumidores sobre a diminuição da quantidade do peixe as latas, em contrapartida com o aumento de óleo.

A empresa se recusou a assinar termo de ajustamento de conduta, o que levou o Ministério Público a ajuizar ação. Outra penalidade imposta foi proibi-la de vender as sardinhas com peso inferior ao anunciado.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.