IMPEACHMENT – Governador Moisés pagou para ver

IMPEACHMENT – Governador Moisés pagou para ver

O advogado Leandro Ribeiro Maciel, é um dos autores do pedido de impeachment do governador Carlos Moisés e da vice Daniela Reinehr, por crime de responsabilidade. Em recente entrevista ao SC em Pauta, o advogado foi taxativo em afirmar que o culpado pelo impeachment foi o próprio governador Moisés, que, por soberba, juntamente com a vice Daniela, enviaram suas defesas à Alesc, alegando a legalidade da concessão de aumento aos procuradores. “Bastava o governador vir a público e afirmar: ‘Estou determinando a suspensão cautelar do aumento e só voltarei a pagar depois de um parecer do Tribunal de Contas’. Mas não, pagaram para ver. Não haveria impeachment”, disse.

A vice também é responsável

Conforme o advogado, no caso da vice-governadora não há qualquer impedimento em solicitar o impeachment, afinal ela tomou as decisões e defendeu a legalidade do aumento dos procuradores, por ser uma decisão judicial e assinou a defesa. “Ela e Moisés acharam que não iria dar em nada. Com isso, se criou o “bebê de Rosemery”. Criaram um monstro, porque não cuidaram desde o início do processo de impeachment. Agora, não tem mais volta”, alerta.

O pedido de impeachment

Em sua análise, sobre a Assembleia Legislativa ter aceito o pedido de impeachment, o advogado Leandro Ribeiro Maciel foi enfático em afirmar: “Você acha que as lideranças que levaram o pedido de impeachment até o presidente da Assembleia, Júlio Garcia, já não sabiam que tinham em uma contagem preliminar o número suficientes de votos para aprovação? É óbvio que sim. Garcia não faria isto sem esta segurança. Ele é uma pessoa muito sensata e não entraria numa coisa assim”, afirma.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.