NOTÍCIAS – Aeroportos de SC

NOTÍCIAS – Aeroportos de SC

Para as companhias aéreas que operam nos chamados grandes aeroportos do estado a exemplo de Chapecó, Correia Pinto, Florianópolis, Jaguaruna, Joinville, Lages e Navegantes, o texto fixa índice de ICMS entre 7% e 12% para o querosene de aviação, conforme o número de locais em que se opere voos regulares, sendo de quatro a cinco, e de 25 a 38 decolagens diárias e embarques e destinos, no estado e para voos internacionais.

Já nos pequenos aeroportos como Blumenau, Caçador, Concórdia, Forquilhinha, Joaçaba, São Miguel do Oeste, Videira e Xanxerê, as empresas passam a pagar 2% de imposto no combustível no primeiro ano de operação, caso realizem ao menos cinco decolagens semanais. No segundo e terceiro ano de funcionamento mantendo o mesmo número de decolagens, o percentual cobrado aumenta, respectivamente, para 3% e 4%.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.