O Estado e a Revolução

O Estado e a Revolução

Não é o livro de Lênin. Mas SC e o tsumani do PSL que, silencioso, triturou o Ibope e decapitou o MDB.

Neste caso, Carlos Moisés chegou se ocupando do latifúndio, então dominado, sem saber plantar ou quando colher.

Ele, agora escolhido, pede socorro. Embora a indicação, está sob o efeito de uma responsabilidade que lhe chama, mas não tem como atender de imediato.

É um grande quadro, saído da democracia, que nem ele mesmo acredita.

O impasse é grande. Ele quer, deseja e sonha com um governo seu que não tem. Não se preparou para este desafio e, agora, nesta missão, vê-se em um fato real. Não sabia que era Davi. Agora sabe.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.