Olho na CBF

Olho na CBF

Quem diria: a CBF conseguiu bater seu recorde de patrocínios em 2018, apesar de todas as denúncias que desabaram sobre a instituição.

A estimativa é de R$ 500 milhões, 20% acima à de 2017 ou 40% acima do arrecadado com publicidade em 2014, ano da Copa do Brasil.

Mais: Rogério Caboclo, novo presidente da CBF (é ligado a Marco Polo Del Nero) vai tirar o nome de José Maria Marin do prédio da entidade, que passará a se chamar Casa do Futebol Brasileiro.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.