PANDEMIA – O grave quadro que Pazuello encontrará em SC

PANDEMIA – O grave quadro que Pazuello encontrará em SC

Dois dados relevantes mostram que a situação da Covid-19 em Santa Catarina passou a um patamar mais do que perigoso: a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Rio de Janeiro, aponta em estudo que as contaminações da doença em nosso Estado já são em 63,7% provocadas por variantes do Coronavírus, enquanto os números oficiais da Secretaria da Saúde confirmam que a evolução da pandemia espalha-se por quase 10% da população catarinense (7,2 milhões, de acordo com estimativa do IBGE), 694.274 casos na última contagem.

Não bastassem as preocupantes análises dos dados, a Secretaria Estadual de Saúde identificou dois casos autóctones, ou seja, de contaminados no Estado com a variante p 1 da Covid-19, a brasileira, em moradores de Joinville e Balneário Camboriú.

O assunto deve nortear parte das conversas do governador Carlos Moisés e do secretário André Motta Ribeiro com o ministro Eduardo Pazuello (Saúde), que visita Chapecó, nesta sexta (5), quadro para lá de assustador, onde o prefeito João Rodrigues (PSD) decidiu seguir o decreto estadual com algumas adequações e quer entrar na Justiça para garantir a contratação de médicos estrangeiros sem que passem pela revalidação obrigatória dos diplomas.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.