POLÍTICA – Fim da indecência?

Finalmente, situação e oposição no Congresso Nacional convergem para que na proposta de emenda constitucional da reforma administrativa se acabe com os chamados supersalários, antes da matéria ser votada.

O teto, hoje, é o salário bruto dos ministros do Supremo Tribunal Federal, de 39,2 mil.

Se até o líder da Minoria, Marcelo Freixo (Psol-RJ), é favorável, se pode ter esperança de que essa indecência tenha fim.

 

Foto divulgação

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.