Prefeita Adeliana Dal Pont acompanha visita técnica às obras do contorno viário

Prefeita Adeliana Dal Pont acompanha visita técnica às obras do contorno viário

Autoridades estaduais e dos municípios de São José, Biguaçu, Palhoça, e órgãos da imprensa, percorreram pontos da obra nesta segunda-feira (09).

Uma visita técnica às obras do contorno viário da Grande Florianópolis foi realizada na tarde desta segunda-feira (09), e reuniu uma comitiva composta por autoridades estaduais e dos municípios de São José, Biguaçu, Palhoça, além de órgãos da imprensa e representantes de entidades empresariais, para percorrer quatro pontos diferentes da obra, que tem o objetivo de desviar o tráfego de veículos pesados do trecho da BR-101 que passa pela Grande Florianópolis.

Principal obra de infraestrutura viária do estado e uma das maiores do país, a construção da rodovia entre os municípios de Biguaçu e Palhoça, deve retirar o trânsito pesado da BR 101 da área urbana de São José, algo que tem sido muito aguardado e cobrado pela gestão municipal. “Este acompanhamento é sempre importante e nos colocamos dispostos a colaborar no que for preciso, pois entendemos a complexidade de uma obra com esta, mas ao mesmo tempo cobramos para que ela esteja pronta o quanto antes para que possamos dar mais atenção à mobilidade urbana em São José e região”, lembrou a prefeita Adeliana Dal Pont.

Conforme informações da Arteris, concessionária responsável pela construção, já foram aplicados R$ 915 milhões na obra e a previsão de conclusão é dezembro de 2021. O contorno viário da Grande Florianópolis terá prioridade do Ministério da Casa Civil e do Ibama na liberação dos licenciamentos ambientais que ainda faltam, conforme informação repassada pelo superintendente de Investimentos da Arteris, concessionária responsável pela construção, Marcelo Modolo.

De acordo a Arteris, dos 50 quilômetros de extensão do anel viário, 70%, o que significa 35 quilômetros, já estão em obras concentradas, principalmente, na parte intermediária do futuro contorno. Alguns trechos, como nas proximidades da SC-281, na Colônia Santana, em São José, estão praticamente concluídos.

O diretor superintendente da Arteris, André Bianchi, afirmou que 95% das áreas que serão impactadas pelo anel viário já estão liberadas para as obras, e ressaltou alguns avanços no último ano como à questão das desapropriações que já chegou a 1,1 mil lotes.

Após a finalização da obra, o contorno viário da grande Florianópolis terá 50 km de pista dupla, 14 passagens superiores, 6 passagens inferiores, 6 trevos, 7 pontes duplas e 8 túneis.

 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.