TRF-4, Porto Alegre, já está com os recursos do caso de Atibaia, que condenou Lula a 12 anos e 11 meses de cadeia

TRF-4, Porto Alegre, já está com os recursos do caso de Atibaia, que condenou Lula a 12 anos e 11 meses de cadeia

Os recursos dos advogados de defesa e do MPF no processo que condenou o prisioneiro por corrupção e lavagem de dinheiro Lula da Silva a 12 anos e 11 meses pela propina que lhe permitiu comprar e reformar o sítio de Atibaia, finalmente chegou ao TRF-4, Porto Alegre.

De acordo com jurisprudência atual do STF, condenado em segunda instância pode ser preso, e conforme a Súmula 112 do TRF4, ele será inevitavelmente preso.
Lula terá cumprido 1/6 da pena em setembro e com isto terá direito a progresso de pena (prisão domiciliar), mas se até lá o TRF4 julgar os recursos relativos a Atibaia e confirmar a nova sentença (12 anos e 11 meses), o líder das esquerdas brasileiras continuará mofando na cadeia.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.